fbpx

Risco do Consumo de Álcool com o Transplante Capilar

Risco do Consumo de Álcool com o Transplante Capilar

Qual é o Risco do Consumo de Álcool com o Transplante Capilar?

Risco do Consumo de Álcool com o Transplante Capilar –  No transplante capilar, alguma preparação pré-operatória é necessária. Como é o caso com qualquer procedimento cirúrgico, é necessário que você evite qualquer medicamento ou álcool por 7 dias antes da cirurgia. Os cirurgiões recomendam uma abstinência de álcool por várias razões. Saiba mais sobre alguns dos maiores riscos de se consumir álcool antes do transplante capilar na Turquia.

O ÁLCOOL AUMENTA A INFLAMAÇÃO

Quando você consome álcool, suas veias se dilatam – o que faz com que sua cabeça inche. Como a substância também desidrata seu corpo, sua cabeça precisa reter qualquer quantidade de líquido que ela ainda tem. Isso explica o motivo de sua cabeça parecer inchada após uma noite de muita bebida com amigos. Inchaço relacionado ao álcool pode arruinar os benefícios da sua cirurgia, reduzir o ritmo da cicatrização e atrasar o crescimento do novo cabelo.

AUMENTA O RISCO DE SANGRAMENTOS

Tenha em mente que qualquer operação invasiva em clínicas como a SHIFT Implante Capilar deve ser seguida de um período apropriado de recuperação. O álcool impede esse processo. A substância afina o sangue, o que coloca os pacientes em maior risco de sangramentos após a operação. O tempo de recuperação se torna mais longo.

O DEIXA MAIS SUSCETÍVEL À DOR

Apesar de muitas pessoas consumirem álcool com a intenção de diminuir a dor, ele não é muito eficaz após procedimentos de transplante capilar. Ele na verdade reduz os efeitos de medicamentos analgésicos, e faz com que os efeitos das medicações para alívio da dor não durem o tempo desejado. Quando o álcool interage com alguns medicamentos, perda de coordenação, desmaios, sonolência, dores de cabeça, vômitos e náusea são alguns dos impactos negativos que ocorrem.

AUMENTO DE VÁRIOS RISCOS DE SAÚDE

O álcool também o coloca em risco de ter dificuldades respiratórias, hemorragias internas e problemas cardíacos. Tomar um ou dois drinques por 7 dias antes da operação aumenta os riscos de sangramento intraoperatório, e negativamente afeta as condições do surgimento dos enxertos. Portanto, é melhor evitá-lo completamente.

DESIDRATA A PELE

O álcool interfere com o hormônio que controla a quantidade de urina que é produzida pelo corpo. Para cada copo de bebida que você toma, seus rins produzem 4 vezes mais a quantidade de urina que deveria ser produzida sob circunstâncias normais. Isso causa a eliminação de mais água do que o normal, levando a um maior ressecamento da pele e desidratação. Muitos cirurgiões especialistas na clínica SHIFT Implante Capilar recomendam que os pacientes não consumam álcool por ao menos 2 semanas antes e depois do transplante capilar na Turquia. Porém, esse período varia dependendo do tipo de transplante que é feito.

↗️